Por Ai: Passeio pela Ilha da Gigóia – RJ

By 17 de setembro de 2016Bar, Por ai

É quase impossível imaginar que no meio do caos que é a Barra da Tijuca, existe um lugarzinho calmo, tranquilo e muito agradável para passear, almoçar, tomar um chopp e que no fim da tarde, vira um cantinho bem romântico. Essa é a Ilha da Gigóia, pouco conhecida entre a cariocada.

O acesso à Ilha da Gigoia é pela Avenida Armando Lombard, entre o prédio da Unimed e o Posto Shell. Ouvi falar já que tem outros acessos, mas esse é o mais fácil e o que leva para todos os pontos da ilha.

Quem for de carro, pode deixá-lo no posto ou até no estacionamento do Shopping Barra Point. Pra quem for de Táxi/Uber, é só pedir pra deixar no Barra Point. Quem for de transporte público o acesso também é molezinha, tem um ponto de ônibus bem no posto (sentido Barra Shopping), já no sentido Zona Sul, é só descer no ponto de ônibus que tem na frente e atravessar a passarela. Também é possível ir de BRT e Metrô, a estação Jardim Oceânico é bem na frente.

Chegando na entrada é só se direcionar aos barcos e falar pra onde que ir. Os restaurantes são localizados na Ilha 1, como o Bar do Cícero que vou falar aqui. O transporte é bem rápido, 5 minutinhos. O valor é R$5,00 que precisa ser pago em dinheiro. (No posto de gasolina tem Banco 24h).

Ai começa o passeio e as fotos rs. Das vezes que fui, o barquinho sempre foi bem vazio e tranquilo, com coletes salva vidas, rs. Não dá pra ter medo, sem contar que o caminho tem uma vista linda pra Pedra da Gávea.

O Bar do Cícero é bem conhecido por frequentadores da Ilha e muito bem indicado em todos os sites de restaurantes, pelos pratos. Como em todo lugar praiano, o que mais se encontra são os frutos do mar, comida que eu não gosto.

Não parece, mas o bar é bem grande e o legal é conseguir um lugar bem na frente do bar para poder comer, beber e aproveitar a vista.

O restaurante oferece vários pratos para duas pessoas, e os escolhidos tiveram que ser os sem frutos do mar. Não existem tantas opções no cardápio, mas dá pra matar a fome.

O atendimento no bar é bom, mas não é espetacular, como estava (e sempre está) cheio, os garçons estavam perdidos e tudo demorou bastante para chegar.

Pra entrada, pedi essa porção de pastel, eram 3 de camarão praTalita e 3 de carne seca com catupiry pra mim. Todos incrivelmente recheados e gostosos. A porção sai por R$29,90.

E pra terminar de matar a fome, o escolhido foi esse aperitivo de filezinho de mignon com cebola e alho, acompanhado de pão. O valor deste foi de R$69,90. A volta é a mesma coisa, R$5,00 no barquinho e bora pra casa.

O passeio é ótimo para fazer com a família e amigos. Percebi que tinham bares com música ao vivo, outros com a decoração mais romântica. Vale a pena.

Leave a Reply